terça-feira, 12 de julho de 2011

Estando em silencio,viajei no pensamento.
E percebi que pra se ter felicidade, não precisamos de mansão, E sim de mansidão no coração.


Que não precisamos que tenhamos carros potentes ,pra podermos alcançar muito mais velocidade, e sentir o vento soprar no rosto.Pois tudo que desejamos é que o tempo parasse pra que pudéssemos , curtir essa sensação, de puro prazer e sedução. de quando estarmos em companhia de quem nos transmite toda essa emoção .de puro êxtase quando os olhares se encontram em um só olhar .ali o inexplicàvel ,se explica por si só,o ato se completa em um longo beijo selando o desejo, e a vontade de ser verdadeiramente feliz  . hj em dia poesia pra quem ainda tem a capacidade de contemplar a beleza do amor .mas o amor verdadeiro sem distinção de cor raça ou nação.o amor sem fronteiras , sem a ação do tempo não importando a idade que se tenha. Pois quem ama sabe que não há espaço pra demagogias ,do tempo pois o amor é pra quem tem sensibilidade , e se permite, tal emoção esse mesmo amor que nos anima , nos rejuvenesce , o corpo a alma , o estado de espírito . visto através, de um belo sorriso estampado no rosto

Nenhum comentário:

Postar um comentário